VALE A PENA TER UM CARTÃO RUICARD

Meia passagem de Coletivo R$ 0,90


Xerox Encadernada 2,30


Livro usado de sebo R$ 5,00




Ser estudante universitário não tem preço.


A vida acadêmica o dinheiro não paga, para todas as outras coisas existe o Ruicard.

Reações: 

Novo cartão de crédito universitário.



Em meios aos tumultos estudantis, chegou nesta última semana o mais novo cartão universitário internaciooonal RUICARD. O cartão que atende todas as necessidades dos estudantes universitários.
É uma boa oportunidade pra quem está cansado dos insistentes promotores dos tradicionais cartões de créditos:


-Vamos jovens fazer seu cartão universitário, rosna a promotora.
- Já tenho, responde o estudante.
-Qual a bandeira que você possui, replica a promotora.

-é a tal.

-Vamos então fazer outro, insiste desesperadamente.

o Estudante zangado, às vezes não sabe o que responder.

Seus problemas acabaram. Faça já o seu Rui CARD Bandeira Bosquecard e seja seguro em suas respostas.

Aceito em todo comércio do campus Benfica, veja abaixo alguns posto de credenciamento:

· Banquinha do Rui

· Baratas Cópias (Xerox da Hispânica)

· Xerox da Biblioteca

· Xerox da Pedagogia

· Mijo cópias

· Pitombeira

· Cantinho Acadêmico

· Sebo perto do RU

· Banca de Jornal da Letras

· Tio das Tapiocas em frente à UFC

· Tia dos marujinhos perto do RU

· Tia das cocadas em frente do RU

Exclusividade

Anuidade ZERO

Privilégio

Um ano de abatimento em Xerox nos locais credenciados

Prazo

Até o final da faculdade para pagar.

Promoção

A cada R$ 10,00 de compras você concorre ao um almoço no RU inteiramente grátis.

Este é seu momento. Converse com um promotor Bosquecard e preencha sua proposta.



Reações: 

Sistema Pergamum volta a funcionar!

NOTÍCIAS QUE VÃO MUDAR O MUNDO:

Estudantes aflitos e nervosos com livros preste a se vencer ou querendo fazer empréstimos pra estudar para provas de final de semestre. Em fim depois de longos dias sem funcionar devido a problemas paranormais ou do além. O Sistema Pergamum voltou a funcionar nas bibliotecas nesta segunda-feira, dia 22 de novembro de 2010. O acesso aos serviços online ainda não está disponível, segundo informação da Secretaria de Tecnologia da Informação (STI).

Reações: 

INFERNO UNIVERSITÁRIO




Inferno Universitário

A historinha abaixo transcrita surgiu no folclore do Ceará e foi contada, numa versão política universitária. Não é o nosso caso. Vai contada aqui no seu mais puro estilo folclórico, sem maiores rodeios.

Diz que uma vez um estudante universitário que abotoou o paletó. Em vida o falecido foi muito dado à falcatrua, chegou a ser candidato ao DCE, CA, enfim... ao morrer nem conversou: foi direto ao Inferno. Em chegando lá, pediu audiência ao Reitor Satanás e perguntou:

- Qual é o lance aqui? Satanás explicou que o inferno estava dividido em diversos departamentos, cada um administrado por uma universidade, mas o falecido não precisava ficar no departamento administrado pela sua universidade de origem. Podia ficar no departamento que escolhesse. Ele agradeceu muito e disse ao reitor que ia dar uma voltinha para escolher o seu departamento.

Está claro que saiu do gabinete do Reitor Diabo e foi logo para o departamento da Harvard, achando que lá devia ser mais organizado o inferninho que lhe caberia para toda a eternidade. Entrou no departamento da Harvard e perguntou como era o regime ali.

-Fazer quinhentas provas pela manhã, depois fazer 300 artigos. Na parte da tarde ler mil livros.

O falecido ficou besta e tratou de cair fora, em busca de um departamento menos rigoroso. Esteve no da Oxford, no instituto de tecnologia Massachusetts, até no da UVA mas era tudo a mesma coisa. Foi aí que lhe informaram que tudo era igual: a divisão em departamento era apenas para facilitar o serviço no Inferno Universitário, mas em todo lugar o regime era o mesmo: quinhentas provas pela manhã, depois fazer 300 artigos. Na parte da tarde ler mil livros.

O falecido estudante já caminhando desconsolado por um campus infernal, quando viu um departamento escrito na porta: UFC. E notou que a fila à entrada era maior do que a dos outros departamentos. Pensou com suas chaminhas: "Aqui tem peixe por debaixo do angu". Entrou na fila e começou a chatear o estudante da frente, perguntando por que a fila era maior e os enfileirados menos tristes. O estudante da frente fingia que não ouvia, mas ele tanto insistiu que o outro, com medo de chamarem atenção, disse baixinho:

- Fica na sua, e não espalha não. A biblioteca daqui não ta funcionando e só precisa fazer uns poucos artigos.

- E as quinhentas provas? - perguntou o falecido.

- Ah... O professor vem aqui de manhã, assina o ponto e cai fora.



Por favor, comentem!

Reações: 

UM BLOG ALIMENTA-SE DE COMENTÁRIO

Tenho postado pouca coisa bacana, eu sei... Eu sei... O fato é que tenho respeitado mais as minhas estações. Estou numa fase de grande introspecção e, tenho estudado muito, fase díficil na universidade, lido muito e escrito pouco.



Passeando pela blogsfera, encontrei um movimento interessante acontecendo nessa mídia. Trata-se do selo UM BLOG ALIMENTA-SE DE COMENTÁRIOS que, a partir de agora, fará parte do meu blog também! Funciona assim: blogueiro que é blogueiro de verdade escreve porque ama escrever. Temos contadores de visitas. Acompanhamos os leitores dos FEEDS. Acompanhamos os números do Feedburner e sabemos se os leitores estão ou não nos acompanhando, mas criamos o blog para COMPARTILHAR EXPERIÊNCIAS, para saber o que as pessoas estão vivenciando dentro de determinados assuntos e muito nos interessa saber a opinião de quem nos lê para que possamos saber se o blog está no caminho certo. Então, fica a dica: passou por um blog, leu um post, deixe um comentário! Os blogueiros agradecem!

Atenciosamente,

Reações: 

Sucos do RU

Chaves dizendo o MENU de sucos do RU.

Reações: 

TIENDA DEL CHAVO


NOTÍCIAS QUE VÃO MUDAR O MUNDO:
RU ADOTA POLÍTICA DA BOA VIZINHANÇA. CHAVES É O MAIS NOVO FUNCIONÁRIO DO RESTAURANTE.

Reações: 

Grande Prêmio do Bosque de Fórmula 1


Gustavo Vettel comemora após vencer o GP do Bosque


A formula 1 chega este final de semana ao campus do Benfica no Grande Prêmio do Bosque. O circuito é um dos mais difíceis da temporada, há muitos transeuntes na pista que circunda o bosque e a pista é estreita dificultando as manobras e ultrapassagens. A velocidade máxima chega a perto de 300km/h e o barulho dos motores se escuta nas salas de aula. Segundo o piloto Tupi quando chegar à reta que cruza os Box deve-se acelerar ao máximo para ter bom desempenho e exorta que não se deve respeitar a preferencial de nenhum pedestre. Os treinos da corrida realizam-se o ano todo pelos motoristas do estacionamento do CH1. O estudante universitário do curso de letras-atropelada Reginaldo Leme afirma que é quase impossível atravessar a via e já quase sofreu uma colisão com o carro da equipe Fusquis Ferraris. Os organizadores afirmam que toda essa euforia de velocidade nas pistas do bosque é saudável para a competição

Mais bobeiras esportivas em breve!
Por favor COMENTEM sobre os abusos de motoristas no estacionamento do CH1.

Reações: